Em Taquaritinga (SP): Saúde recebe primeiro lote de vacinas Pfizer contra a Covid-19

Na sexta-feira (11), o Ministério da Saúde enviou a Taquaritinga/SP as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 fabricadas pela farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com a alemã BioNTech. Assim como a chinesa Coronavac (Sinovac/Butantan) e a britânica Astrazeneca/Oxford (parceria com a Fiocruz), o imunizante da Pfizer possui um esquema de duas aplicações.

O município recebeu as primeiras 834 doses da Pfizer, que constituem o 28.º lote de vacinas contra a Covid-19 desde a chegada do primeiro, em 20 de janeiro. Esse medicamento preventivo utiliza a tecnologia de RNA mensageiro (mRNA), que estimula o organismo a produzir anticorpos por meio de material genético do Sars-Cov-2 e pode ser aplicado em adolescentes a partir dos 12 anos de idade. A autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) foi feita na última sexta-feira (11) e, agora, a bula da vacina no país passará a indicar esta nova faixa etária; antes, ela só podia ser aplicada em adolescentes a partir dos 16 anos. A vacina é a única que pode ser aplicada em menores de 18 anos no Brasil.

O intervalo entre a primeira e a segunda doses, de acordo com o fabricante, pode ser igual ou superior a 21 dias, com taxa de eficácia de 91,3% após a aplicação da segunda.

A última atualização dos dados revela que a Secretaria Municipal de Saúde de Taquaritinga já vacinou 18.655 pessoas (32,52% da população) com a primeira dose, e 8.427 (14,69%) com a segunda, de Coronavac ou Astrazeneca. Há 3.741 doses disponíveis para a continuidade da campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *