Em Taquaritinga (SP), dono de bar é assassinado dentro de seu estabelecimento no Jardim Maria Luiza

Um desentendimento entre um cliente e o proprietário de um bar, localizado na Rua Pedro Toscano, no Jardim Maria Luiza, terminou em homicídio na madrugada deste sábado (10 de Agosto) em Taquaritinga (SP).

Shadow
Slider

Segundo as informações obtidas, um dos autores do crime, de 38 anos, discutiu com Ronilton Valdo Lopes do Santos, proprietário do “Bar do Legalzinho”, por volta das 22h de sexta-feira (9 de Agosto), enquanto estava no estabelecimento. O acusado disse que a vítima lhe chamou de “vagabundo”, batendo com o lado de um facão em seu rosto e mandado ele sair do local.

Logo em seguida, o lavrador foi até a sua residência, no Jardim Micali e se apossou de duas facas e um canivete, se dirigindo para a casa de seu irmão, de 43 anos, localizada no bairro Vinícius de Moraes. Por lá, pegaram um revólver calibre 38, com numeração raspada e foram até o bar para se vingarem do comerciante.

Ao chegarem no estabelecimento, ás 4h, um dos irmãos efetuou um disparo para cima para afastar as pessoas que estavam próximas ao local. Ao se aproximar do balcão, o assassino atingiu a vítima com diversos disparos e, no momento em que ela caiu no chão, o outro indivíduo lhe desferiu golpes de faca. Posteriormente, a dupla fugiu do local.

A Polícia Militar foi acionada e Cabo PM Sidney e o Cabo PM SOuza encontraram a dupla criminosa no momento em que ela estava tentando fugir em um GM/Vectra Sedan Elegance de cor preta, pertencente a um dos meliantes. O condutor do carro iniciou fuga pelas vias públicas da cidade e não obedeceu o sinal de parada emitido pelas autoridades nas imediações da Avenida Adamo Lui, no Jardim Buscardi. Devido a uma colisão, houve vazamento de óleo por cerca de dois quilômetros e o carro acabou parando no distrito de Jurupema, onde os irmãos foram abordados. De imediato, ambos confessaram o crime ao serem questionados.

Eles foram levados para a Delegacia de Polícia, onde a delegada Dra. Célia Reis registrou o boletim de ocorrência e determinou a prisão em flagrante por Homicídio Qualificado (Art. 121). Os objetos utilizados no crime foram apreendidos para investigação e o veículo foi levado para um pátio de recolhimento da cidade.

Irmãos foram presos em flagrante após assassinarem o comerciante Ronilton Valdo Lopes de Santos (Foto: Alessandra Cason)
Objetos utilizados no crime foram apreendidos pela Polícia Militar de Taquaritinga (SP)

Ronilton Valdo Lopes dos Santos tinha 50 anos, era natural de Mato Grosso do Sul e residia nos fundos de seu estabelecimento. O corpo da vítima será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jaboticabal (SP). Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do comerciante.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *