Em Taquaritinga (SP): Casos de dengue diminuem 86,5% no primeiro semestre do ano

O Departamento de Controle de Vetores (DEMCOVE) registrou 342 casos de dengue no primeiro semestre do ano em Taquaritinga; o número representa uma diminuição de 83,5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 2041 pessoas foram picadas pelo mosquito transmissor. Estima-se que, no total, quatro mil munícipes foram infectados em 2019 e sete pessoas acabaram falecendo em decorrência da doença na cidade.

Shadow
Slider

De acordo com o diretor da Vigilância, Fabrício Araújo, a intensificação nas ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti e a maior conscientização dos moradores em cuidar dos próprios lares resultou na diminuição de casos e contribuiu para que o município não atravessasse outro período de epidemia da doença, como ocorreu no ano anterior. “Estamos em um ano em que as pessoas estão se cuidando mais e essa cautela é muito importante para auxiliar no trabalho que o DEMCOVE realiza na cidade. Mesmo com a pandemia de Covid-19, os agentes não pararam de fazer as visitas nas residências (com os devidos cuidados orientados) e os horários de expediente também se estendeu aos sábados. Ficamos satisfeitos com essa informação e ela só aumenta a nossa responsabilidade”, diz em entrevista ao Jornal Tribuna.

Os dados também mostram que não houve casos de Chikungunya e Zicavírus neste ano, bem como o registro de óbitos causados pela dengue.

O prefeito Vanderlei Mársico enfatiza que a “administração municipal aproveita o período de seca para estruturar ações de combate à proliferação do mosquito transmissor”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *