Taquaritinguense forma grupo de jovens para debater problemas sociais em projeto internacional

Um grupo formado por vinte estudantes de Taquaritinga (SP) está se reunindo desde o mês de Fevereiro para debater temas sociais que impactam, diretamente, a sociedade que vivemos. A iniciativa faz parte do programa EDIW – em português, Educação Por Um Mundo Interdependente – no qual a taquaritinguense Nicole Gomes integra após ser selecionada para representar o Brasil em sua última edição, realizada no início deste ano em Madrid. Durante a participação no congresso, ela foi informada que teria a missão de reunir jovens para dar continuidade ao trabalho dentro do projeto.

Shadow
Slider

O objetivo, segundo Nicole, é instruir os estudantes para que eles influenciem outras pessoas na comunidade, criando uma sequencia de boas ações que serão colocadas em prática futuramente. “Muitos deles tiveram o primeiro contato com o trabalho voluntário por meio deste programa e está sendo maravilhoso poder dividir experiências e sugestões para melhorarmos a sociedade que vivemos”, disse em entrevista ao Jornal Tribuna.

O grupo foi recrutado pela universitária através de amigos próximos e das redes sociais. Os encontros acontecem a cada quinze dias, com duração de uma hora e meia e de forma virtual. O tema a ser estudado é modificado a cada semestre e, atualmente, neste primeiro período, o escolhido foi “Informação e Processos de Comunicação”, enfatizando o debate sobre Fake News. “Preliminarmente, um material teórico foi disponibilizado para instigar o pensamento crítico e provocar a conscientização em cada um dos participantes. Depois, iniciamos as reuniões para debatermos as questões propostas e nos dedicarmos para cumprir o que o projeto espera de nós”, relata.   

Os jovens também participam de encontros online com estudantes e profissionais de outros países que integram o programa; quando há reuniões internacionais, há a opção de escolha do idioma em inglês ou espanhol.

Uma viagem para o Peru estava prevista no cronograma que Nicole deverá cumprir enquanto estiver nesta missão social; entretanto, devido à pandemia de Covid-19, a viagem foi adiada para o ano que vem. “É um orgulho muito grande estar neste projeto e levar o nome de Taquaritinga por todo o mundo. Tenho certeza que os jovens que estão me acompanhando ainda devolverão todo o conhecimento adquirido em prol da nossa comunidade”, finaliza.

Os estudantes deverão se manter engajados até Julho do ano que vem. Desde sua fundação, não houve a desistência de membros e todos permanecem unidos na causa, adquirindo conscientização social e enriquecendo o curriculum profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *