Taquaritinga (SP) ocupa o sétimo lugar em ranking de cidades com maior redução nos índices de crimes violentos do Estado de São Paulo

Levantamento foi feito em municípios paulistas com mais de 50 mil habitantes

A cidade de Taquaritinga (SP) ocupou a sétima posição em uma lista de municípios, com mais de 50 mil habitantes, que tiveram uma queda no índice de casos de crimes violentos no último ano. A pesquisa foi feita pelo O “Instituto Sou da Paz”, que produziu uma análise a partir de indicadores da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Os resultados foram divulgados com exclusividade pelo jornal Estadão na madrugada de segunda-feira (6 de Maio de 2019). No estudo feito, o município de Itanhém, na Baixada Santista, foi eleito o mais violento do estado, enquanto em Vinhedo, próximo a Campinas, o risco que uma pessoa corre em sofrer um crime é considerado menor. A reportagem enfatiza a ação da Guarda Municipal local, considerada “um trunfo no combate ao crime”.

Ainda com base nos dados divulgados, seis dos dez municípios mais expostos aos crimes violentos em 2018, assim como em 2017, fazem parte da região de São José dos Campos: Caraguatatuba, Cruzeiro, Guaratinguetá, Jacareí, Lorena e Ubatuba.

O caso que mais chama atenção é o da cidade de Ibitinga: destacada em 2017 como o município que apresentou redução de 54% no Índice de Exposição à Criminalidade Violente (IECV), o município assumiu o topo em 2018 com o maior aumento.

Na outra ponta, quatro dos dez municípios que mais reduziram o IECV em relação ao ano passado estão na região de Ribeirão Preto: Franca, Olímpia, Taquaritinga e São Joaquim da Barra, com quedas no índice entre 37% e 57%.

O IECV é calculado a partir da média ponderada de três subíndices: crimes letais (homicídio e latrocínio), crimes contra a dignidade sexual (estupro) e crimes contra patrimônio (roubo – outros, roubos de veículo e roubos de carga).

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública diz que “o relatório elaborado pelo Instituto Sou da Paz revela que as políticas públicas adotadas no combate à criminalidade  estão no caminho certo, vez que a grande maioria dos crimes no Estado apresentaram redução.

Shadow
Slider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *