Taquaritinga em alerta: Confira os bairros da cidade que possuem focos de dengue

O Departamento Municipal de Controle de Ventores (Demcove) de Taquaritinga (SP) já confirmou 21 casos de dengue na cidade. Desse total:

 

  • Sete estão no Jardim Laranjeiras;
  • Um está bairro Talavasso;
  • Três estão no Jardim Vale do Sol;
  • Dois estão no Jardim São Sebastião;
  • Dois estão no Jardim Contendas;
  • Um está no Jardim Bela Vista;
  • Dois estão no Jardim Santo Antônio;
  • Um está no Jardim Paraíso I;
  • Um está no Jardim Alvorada e
  • Um está na área rural.

Quando um munícipe é atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) ou então procura uma Unidade Básica de Saúde (UBS), apresentando os sintomas da dengue, é realizada a notificação para a Vigilância Epidemiológica da cidade. No momento, 3 casos resultaram em negativos e 55 estão aguardando o resultado.

 

Focos de dengue: Criadouros estão por todo o município

 

Fabrício relata que a demora na entrega dos resultados de sorologia e a grande quantidade de imóveis com criadouros com larvas do mosquito transmissor da dengue, o ” aedes aegypti”, deixa o Demcove em alerta. A maioria dos exames de diagnóstico foram realizados em laboratórios particulares.

 

O portal de notícias “O Globo” publicou que, enquanto o avanço da dengue gera preocupação no interior de São Paulo , no país como um todo e no estado e município do Rio o cenário é misto com relação à doença e outras transmitidas pelo Aedes aegypti, como zika e chicungunha. De acordo com o mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde sobre os três males, ainda sem dados referentes a 2019, o ano passado terminou com 265.934 casos prováveis de dengue no país, alta de 11,1% frente aos 239.389 registrados em 2017. Já com relação à chicungunha, foram contabilizados 87.687 casos prováveis em 2018, menos da metade dos 185.593 do ano anterior, dos quais 68.962 foram confirmados e 26.771 descartados. Por fim, os casos de zika continuam a cair após a epidemia que varreu o país entre 2015 e 2016. No ano passado, foram registrados 8.680 casos prováveis da doença, também menos da metade dos 17.593 registrados em 2017.

 

O portal online “G1” relatou que Secretaria de Saúde de Bauru (SP) anunciou na última sexta-feira (15) a confirmação de 875 novos casos de dengue, todos eles autóctones (contágio no próprio município). Com isso, Bauru  (SP) lidera o ranking da doença no interior e litoral do estado, com 2.423 casos, sendo apenas um deles considerado “importado”.

Shadow
Slider

Deixe uma resposta