Morre Áurea Moretti, aos 78 anos

Áurea Moretti Pires nasceu em São Joaquim da Barra, se mudou para Ribeirão Preto nos anos 1960, quando ingressou Universidade de São Paulo – USP e participou da resistência ao regime militar.

Em 1969, foi presa pela Operação Bandeirante, torturada na Torre das Donzelas, em São Paulo, ao lado da amiga, a ex-presidente Dilma Rousseff.

Enfermeira de profissão, coordenou o Programa de Fitoterapia e Homeopatia da Secretaria da Saúde e integrou programas de Práticas Integrativas e Complementares de homeopatia e acupuntura do SUS.

Áurea foi homenageada pela Comissão de Direitos Humanos da Subseção da OAB de Taquaritinga, em 2011, e pela Câmara Municipal de Taquaritinga, juntamente com a amiga taquaritinguense Eliana Velocci, em 2014.

O velório será na Câmara Municipal de Ribeirão Preto, nesta sexta-feira (16), com honras por sua história de resistência democrática, em defesa da justiça social.

Áurea Moretti, com o então vice-presidente da Câmara, Luisinho Bassoli, e Eliana Velocci, em 2014.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *