Material roubado em indústria de Vista Alegre do Alto (SP) é localizado em residência de Taquaritinga (SP)

Grande parte de produtos roubados em uma indústria na cidade de Vista Alegre do Alto (SP) foram encontrados em uma residência na Rua Fioravante Valeretto (Rua C) no bairro Caic, na tarde desta quinta-feira (14). Duas pessoas foram apresentadas na Delegacia de Polícia e uma delas acabou detida.

 

O roubo na referida cidade ocorreu no dia 19 de Janeiro deste ano, no período da noite, por volta das 22h. Segundo as informações obtidas, uma quadrilha composta por cerca de dez pessoas invadiu a empresa S&F Reservatórios, localizada na Chácara Água Viva, na área rural do município, rendendo o vigia do local. Na ação, todos os bandidos estavam encapuzados e, ao menos, cinco deles portavam armas de fogo. Dentre os produtos roubados, foram levadas nove máquinas de soldas, dez lixadeiras que continham o carimbo da empresa, além de vários galões de tintas e inúmeros metros de fios de cobre. O prejuízo estipulado pelo dono da indústria ultrapassa R$ 120 mil.

 

Mercadoria apreendida pela Polícia Militar de Taquaritinga (SP) (Foto: Alessandra Cason)

 

A quadrilha deixou o local após carregar todos os itens em um caminhão. O vigia conseguiu pedir ajuda por volta das 4h de domingo (20). A PM foi acionada, mas não conseguiu localizar nenhum suspeito na ocasião.

 

Na tarde desta quinta-feira (14), por volta das 15h, os integrantes da Polícia Militar de Taquaritinga (SP) receberam uma denúncia anônima, relatando que parte da mercadoria roubada estaria em uma casa do bairro Caic. Para verificarem a veracidade da informação, a PM foi ao local junto com um agente da Polícia Civil.

 

Parte da mercadoria procurada estava na área frontal do imóvel, coberta por uma lona. O morador da residência, de 37 anos e sua esposa, de 27 anos, foram abordados. Ao serem questionados, ele disse que comprou a mercadoria de uma pessoa desconhecida pelo valor de R$ 3 mil. Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde prestaram depoimento. O homem foi autuado em flagrante pelo crime de Receptação, sendo arbitrada uma fiança no valor de R$ 5 mil, que acabou não sendo paga por ele. Sendo assim, o indiciado foi encaminhado para a cadeia de Santa Ernestina (SP), onde ficará à disposição da Justiça. A mulher foi qualificada apenas como testemunha do caso. Também foram apreendidos dois celulares do casal e um capuz, que estava no interior da residência.

 

O proprietário da empresa foi localizado, comparecendo na delegacia e reconhecendo os produtos recuperados. A mercadoria, avaliada em R$ 60 mil,  foi colocada em um caminhão para ser encaminhada à indústria.

 

Participaram da ação: Sargento Fagner, Cabo Mário, Cabo Justino, CGP, Cabo José Reis, Cabo Júnior, Soldado J. Carlos, Cabo Odirlei e o investigador Paulo Othon.

 

Parte do efetivo da PM que participou da ação na tarde desta quinta-feira (14) (Foto: Alessandra Cason)
Shadow
Slider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *