Falta de fiéis é o principal motivo do término da tradicional “passagem da fogueira” no distrito de Jurupema, em Taquaritinga (SP)

Conhecida regionalmente por sua tradição de fé, a passagem pela fogueira feita no distrito de Jurupema durante as festivas religiosas do mês de Junho deixou de ser realizada há mais de 10 anos por falta de fiéis que se candidatem a atravessar o caminho com brasas.

Shadow
Slider

O ato de fé era feito na data de 24 de Junho, na noite de São João, após a badalada dos sinos da igreja à meia-noite. Depois de recebem a bênção do padre, os fiéis faziam orações e cruzavam lentamente, sem calçados, sobre um tapete de brasas da fogueira, em uma demonstração de devoção e até de pedido ou cumprimento de promessas.

“A falta de fiéis dispostos a atravessar a fogueira foi o principal motivo da tradição ter acabado. Geralmente, eram as pessoas mais antigas que faziam a passagem e hoje não restou ninguém. Uma pena, pois era uma tradição em Jurupema”, disse Luis Henrique, um dos organizadores da festa.

Mesmo sem fiéis para caminharem pelas brasas, a fogueira continua sendo feita na referida data, ficando à disposição caso algum católico decida realizar a passagem. Para isso, não é necessário avisar previamente a equipe da Paróquia de Santa Luzia, responsável pela comunidade católica do distrito; a pessoa que tiver o desejo de fazer a passagem pelo caminho de brasas deve comparecer na celebração da missa do dia e esperar o referido momento.

A celebração religiosa será feita na noite do 24 de Junho, ás 19h, na igreja do distrito, onde haverá a benção da fogueira e levantamento do mastro. Também será realizada uma confraternização entre as famílias que estiverem presentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *