Empresário viaja mais de 2 mil km de ônibus para assistir final da Libertadores em Montevidéu

Aos 37 anos, o empresário Anderson Bernascone coleciona inúmeras histórias enquanto acompanha a Sociedade Esportiva Palmeiras (SEP) por jogos e eventos oficiais. A última é eleita por ele como a mais emocionante até o momento: ver o time ser campeão da Copa Libertadores da América em Montevidéu, capital do Uruguai. 

‘Zaca’, como é conhecido, viajou 2.300 mil km para assistir a partida no último sábado (27). Representando as torcidas de Taquaritinga e São Lourenço do Turvo (distrito onde nasceu), o empresário encarou três dias de estrada em uma turma acomodada em quatro ônibus. Os torcedores se encontraram na capital paulista, foram submetidos ao teste de Covid-19 (PCR) e partiram rumo ao país vizinho, com grande expectativa de ver o time tricampeão da Copa.

“Foi uma viagem cansativa, um pouco desconfortável, mas com um entusiasmo sem igual. Estávamos muito ansiosos que esquecemos a distância do trajeto”, disse em entrevista ao Jornal Tribuna.

Como todo bom torcedor, o empresário relata que apostou com cautela no resultado por se tratar de dois ‘gigantes’ do futebol brasileiro. Durante o jogo, muita comemoração e união com o restante da torcida. Em vídeo, ele registrou um desses momentos:

Zaca trabalha na cidade há mais de uma década e há cinco anos decidiu criar raízes, mudando-se e instalando sua empresa (JHZ Agrícola) no município. O empresário disse que adotou a cidade no coração e leva o nome dela em todos os jogos que assiste. “Levei a faixa e uma camiseta da Mancha Verde de Matão para representar as duas torcidas. São grupos de amigos que faço parte e foi  um grande prazer poder representá-los, sem contar que os acessórios são amuletos que aumentam a chance da vitória e sempre deram muita sorte (risos)”.

Zaca (de óculos) estendendo a faixa com o auxílio de Gabriel Cristiano; um amigo que já morou em Taquaritinga e também leva a cidade no coração

A partida foi marcada por muita festa, vibração e organização, sem intercorrências entre as torcidas. O retorno também ocorreu de forma pacífica e ele chegou ao município na tarde de segunda-feira (29).

Essa não foi a primeira vez que o ‘taquaritinguense’ viajou ao exterior para acompanhar o time. Em 2018, ele esteve na Argentina para assistir a partida entre o Palmeiras e Boca Juniors pelo mesmo campeonato. O entusiasmo fala alto, mas o empresário revela que ainda não decidiu se irá assistir a equipe no Mundial de Clubes da FIFA nos Emirados Árabes, pela incerteza que o cenário da pandemia de Covid-19 causa para o próximo ano.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.