Em Taquaritinga (SP): Jornalista Tuca Sant’Anna falece aos 65 anos

Faleceu, aos 65 anos, o jornalista taquaritinguense Luiz Sant’Anna Neto. ‘Tuca Sant’Anna’, como era conhecido, estava internado desde o dia 2 de Setembro na Santa Casa de Taquaritinga e acabou falecendo na madrugada deste sábado (12), ás 0h30, em consequência de uma parada cardiorespiratória.

Tuca nasceu em Taquaritinga no dia 20 de Novembro de 1954, iniciando sua carreira no jornal local ‘Cidade de Taquaritinga’ aos 17 anos de idade. No ano seguinte, ingressou na Universidade de Campinas (UNICAMP) no curso de Comunicação Social – Jornalismo.

Antes de concluir o ensino superior, aceitou o convite para trabalhar no jornal ‘Diário de Notícias’ e mudou-se Ribeirão Preto, transferindo os estudos para a UNAERP; atuou no noticiário ao lado dos jornalistas José Hamilton Ribeiro, Heraldo Pereira e Galeno Amorim, ficando na cidade até o final da década de 80. Em 1984, também registrou uma breve passagem em um jornal de Blumenau/SC .

Tuca retornou para Taquaritinga na década de 90, onde começou a trabalhar no Nosso Jornal. Em 2001, colaborou com a fundação do Jornal Tribuna ao lado do jornalista Luiz Eduardo Schneider e de Vanderlei Mársico, atual prefeito da cidade.

Entre 2005 e 2013, foi assessor de imprensa da Prefeitura Municipal durante o governo do ex-prefeito Paulo Delgado. No período, conciliava a função com o trabalho no Jornal O Defensor, onde permaneceu até o final da carreira.

O jornalista também foi o criador do popular grupo de Facebook intitulado ‘Sou Fã da Coluna Dois Pois’, que conta com quase 50 mil membros e aborda diferentes assuntos da cidade e da região, aberto para debates entre os participantes. O nome da página fazia alusão à sua coluna ‘Dois Pontos’, publicada semanalmente no Jornal O Defensor; foi neste espaço que ele estreitava sua relação com os moradores da cidade.

Tuca era casado com Maria Paz da Silva Sant’Anna e deixou os filhos Sérgio (professor universitário), Luiz (pedagogo), Igor (funcionário público) e Geandra (enfermeira). Seu corpo foi velado no velório municipal e sepultado ás 10h45 da manhã no cemitério municipal ‘Cônego Lourenço Cavallini’.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *