Em Taquaritinga (SP): Diretor da Vigilância Sanitária diz que fiscalizações ficarão mais rígidas durante festas de final de ano

Os estabelecimentos que promoverem festas em datas comemorativas no final do ano sem a autorização dos órgãos de Saúde poderão ser multados com valores relativamente altos; é o que afirma o coordenador de Vigilância Sanitária de Taquaritinga (SP), Marco Dantas. Segundo ele, a equipe tem contado com um apoio intensificado nas fiscalizações na cidade e as pessoas que organizarem eventos serão responsabilizadas pela contrariedade dos decretos vigentes.

De olho nas divulgações que acontecem, principalmente, nas redes sociais, os agentes têm visitado algumas empresas para observar se os protocolos de segurança e higiene estão sendo cumpridos. Para a última quinzena do mês, os fiscais contarão com um apoio extra durante os trabalhos. “Infelizmente, por conta de baixa cobrança de seus fregueses, alguns comerciantes passarão por penalidades, pois agora não se trata mais de advertência. As ações ficarão ainda mais rigorosas”, disse.

O diretor relata que a principal dificuldade das autoridades no controle de aglomerações continua sendo a resistência de clientes em obedecerem o distanciamento social e fazerem o uso de máscara quando estão em locais públicos.

Até agora, nenhum estabelecimento foi passível de autuação no município; porém, há empresas que já estão no radar da Vigilância e poderão ser multadas a qualquer momento. “No menor vacilo, serão autuados, com toda a certeza”, enfatiza.

Em família:

As comemorações de Natal e Ano Novo em família também despertam a preocupação da Saúde. Com base nos dados que mostram o avanço da Covid-19 na capital paulista e em cidades-vizinhas, Marco orienta que as pessoas evitem grandes festas e celebrem as datas reservadamente – ainda assim, com muita cautela.

O diretor ainda destaca que festas em residências de famílias não podem ser fiscalizadas por se tratar de eventos particulares.

Denúnica:

A equipe do Plantão Fiscal disponibiliza números de telefones para os munícipes que desejam fazer denúncias de empresas que desrespeitam os decretos municipais. Para entrar em contato, basta ligar: (16) 9.9724-0674 / (16) 9.9782-0518 / (16) 9.9613-4375 ou (16) 9.9729-4190.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *