#DezembroVermelho: Taquaritinga (SP) registra 6 novos casos de Aids em 2020

Seis pessoas contraíram o vírus HIV/AIDS neste ano em Taquaritinga (SP); os dados são da Secretaria de Saúde da cidade, responsável pelo diagnóstico e acompanhamento dos pacientes na rede pública.

O número é menor quando comparado a períodos anteriores, quando se teve, em média, de 15 a 20 novas confirmações durante o ano. Segundo a diretora da pasta, Simone Parlangelli, alguns fatores podem ter contribuído com a diminuição de casos e um deles foi a interrupção de festas devido a pandemia de Covid-19.

Simone também esclarece que a procura pela testagem, mesmo quando houve paralisação parcial de atendimentos, não foi prejudicada. “Mesmo com as limitações, os testes não deixaram de serem feitos em nenhuma época do ano. É um problema que não pode esperar, então as pessoas procuram por atendimento quando começam a apresentar os sintomas”, disse em entrevista ao Jornal Tribuna.

Os casos possuem algumas semelhanças entre eles. Durante a triagem, percebe-se que a maioria dos pacientes pertence a classe social baixa, trabalha em áreas rurais ou contraíram a doença quando estavam sob o efeito de álcool ou entorpecentes. A faixa etária varia entre 19 e 53 anos. 

Dos moradores contaminados, quatro são do sexo masculino e dois são do sexo feminino. As mulheres são gestantes e descobriram a infecção durante o pré-natal. Ambas estão sendo acompanhadas pelo médico infectologista da rede. 

Há 23 anos que a última ‘transmissão vertical’ foi detectada no município, ou seja, quando o vírus é transmitido da mãe infectada para o bebê durante a gravidez. O último caso em Taquaritinga aconteceu há 23 anos e a pessoa ainda é acompanhada pela Saúde Municipal.

Já na análise de contaminação por Sífilis, oito novos casos foram contabilizados: seis homens e duas mulheres. As pacientes também estão grávidas e receberam o diagnóstico durante o acompanhamento no Ambulatório da Gestante.

Ao todo, mais de cem testes são feitos mensalmente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Centro de Testagem e Acompanhamento (CTA), localizado na Avenida Vicente José Parise, em frente ao terminal rodoviário. Até esta segunda-feira, dia 7 de Dezembro, as testagens estão sendo feitas na mobilização pela campanha ‘Fique Sabendo’.

(Imagem: Ilustrativa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *