Coronavírus: PROCON de Taquaritinga (SP) registra quase mil reclamações durante pandemia

Quase mil consumidores procuraram o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) de Taquaritinga (SP) entre Fevereiro e Maio deste ano e os assuntos relacionados à pandemia de Covid-19 lideram a lista de reclamações registradas, de acordo com um levantamento realizado pelo órgão.

Shadow
Slider

Durante o período, os moradores denunciaram, principalmente, preços abusivos de produtos alimentícios encontrados nas prateleiras de supermercados, (como arroz, feijão e óleo para cozinhar) e usados na prevenção do novo Coronavírus (álcool em gel 70% e máscara de proteção individual). Serviços essenciais, como fornecimento de água e energia, também tiveram um aumento nos registros. No total, 887 notificações foram feitas em estabelecimentos nestes quatro meses.

A coordenadora do PROCON do município, Munira Veronez, relata que a maioria das ocorrências registradas foi finalizada com acordo entre fornecedor e consumidor. “A demanda nesta primeira quinzena de Junho também diminuiu consideravelmente e relacionamos isso ao aumento de cortes supérfluos por parte dos consumidores; muitas pessoas cancelaram serviços como cartão de crédito e linhas telefônicas devido à crise da pandemia de Covid-19”, disse.

Munira Veronez é coordenadora do PROCON de Taquaritinga (SP)

Todas as denúncias são repassadas para o Núcleo Regional do PROCON em Ribeirão Preto (SP) e, caso fique comprovado que o estabelecimento tenha aumentado os preços de maneira considerada injusta ou não tenha fornecido o seu serviço corretamente, poderá receber uma multa que será aplicada após uma avaliação dos fatores econômicos da empresa e gravidade da infração.

(Foto Ilustrativa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *