Carlos Sánchez é liberado pelo Peixe

Por José Roberto Gaion

Sem atuar há nove jogos o uruguaio Carlos Sánchez, maior artilheiro estrangeiro do Peixe, com 32 gols, foi liberado pelo clube a procurar um novo destino para a sua carreira. Segundo a comissão técnica do Santos, a culpa pelos poucos minutos é por conta dos estrangeiros que a equipe possui. Além de Sánchez, jogam Jhojan Júlio, Ângulo, Rodrigo Fernandez, Velasquez e Ricardo Goulart (naturalizado chinês). A CBF permite apenas cinco relacionado de outros países.

A diretoria do Peixe, por se tratar de alguém que tem muito carinho, não quer forçar nenhuma tomada de decisão, mas deixou tudo nas mãos do jogador que tem contrato com a equipe da Vila Belmiro até julho de 2023.

Algumas equipes demonstram interesse em contar com o jogador de 37 anos. Sánchez chegou ao Santos em 2018 e disputou 142 partidas, sendo apenas quatro nessa temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.