#Dengue: Taquaritinga (SP) inicia o ano com 76 casos confirmados

O número de pessoas com dengue em Taquaritinga (SP) neste início de ano está deixando as autoridades em alerta para que a cidade não enfrente uma nova epidemia da doença. Em 2019, foram quase quatro mil casos (confirmados e prováveis), além de sete mortes em decorrência da doença.

Shadow
Slider

De acordo com o Departamento de Controle de Vetores (DEMCOVE), são 76 pacientes confirmados e 23 casos prováveis no município até o momento; o terceiro maior índice da região, atrás de Araraquara (SP) e Itápolis (SP). Além disso, 130 foram notificados e 21 foram descartados.

O boletim foi atualizado na tarde de segunda-feira (10). Não houve registro de morte e nem complicações no quadro clínico dos pacientes monitorados no período.

Os bairros com maiores incidências de focos do mosquito ‘Aedes Aegypt’ são o Talavasso, Vale do Sol, Vila Sargi e área central. “Nossa equipe está fazendo ações de vistoria, prevenção e monitoramento dos bairros notificados, mas o apoio de todos é essencial. A população deve ficar atenta para manter os quintas limpos e evitar o acúmulo de lixo que possa juntar água, entre outros cuidados para que o mosquito não se reproduza”, destaca o diretor do DEMCOVE, Fabrício Araújo. 

Boletim atualizado no dia 10 de Fevereiro de 2020 pelo Departamento de Controle de Vetores (DEMCOVE) de Taquaritinga (SP)

A mobilização social é uma das principais apostas para controlar a transmissão feita pelo mosquito e, para que todos se engajem nesta luta, foi lançada a campanha  municipal ‘O que você já fez hoje para combater a dengue?’. A ação terá foco na colaboração das pessoas para que epidemias, como a de 2019, não se repitam. 

Informações ou solicitação de inspeção podem ser obtidas através do telefone (16) 3252-2238. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *