Taquaritinga (SP) registra abertura de 536 empresas no último ano

Mesmo com todas as adversidades causadas pelo ano atípico vivido em decorrência da pandemia de Covid-19, Taquaritinga (SP) ganhou 536 novas empresas em 2020. Os dados são da Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP) e da Secretaria Municipal da Fazenda.

As microempresas lideraram o ranking, com 371 novas aberturas. Em seguida, aparecem as empresas de pequeno, médio e grande porte com 98 registros e 34 autônomos. As demais empresas correspondem a 28 cadastros e as entidades, com 6 aberturas.

Os números apontam cerca de 45 novos cadastros de empresas por mês na cidade.

No mesmo período, houve o fechamento de 160 negócios, mantendo a média de 40% de fechamentos anuais registrada desde 2018.

Do total dos novos empresários, os homens lideram o grupo de investidores: quase 60% das empresas estão cadastradas em nomes masculinos.

Apesar dos bons resultados, o início da pandemia impactou na abertura dos novos negócios, fazendo o empresário recuar no final do primeiro semestre. Em Abril – o primeiro mês completo em estado de calamidade pública – teve o pior saldo do ano, seguido por Maio e Junho. Em Julho, os investidores voltaram a ter segurança e o segundo semestre começou em ascensão: em seis meses, foram 328 novas empresas, com o melhor período de 2020.

O avanço no setor corporativo não corresponde, diretamente, na criação de vagas no mercado de trabalho. O reflexo do desemprego aparece no alto número de microempresas abertas no período, mostrando que, com poucos postos de trabalho formais, as pessoas acabam montando o próprio negócio como alternativa de renda.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *