Taquaritinga (SP) está há mais de um ano sem casos de Influenza

A Secretaria de Saúde de Taquaritinga/SP está há mais de um ano sem registrar casos de Influenza na cidade. O último diagnóstico foi feito no dia 14 de Abril de 2020, segundo os dados disponibilizados pela pasta.

No total, o ano anterior registrou, entre Janeiro e Abril, cinco casos da doença – entre eles, dois óbitos de pacientes que tinham 42 e 53 anos e estavam hospitalizados na Santa Casa.

Em entrevista, o Secretário da pasta, José Fonseca Neto, atribuiu o controle do contágio à alta cobertura vacinal dos grupos prioritários em 2020, bem como a implantação dos protocolos de higiene para a pandemia de Covid-19. “As orientações de uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento físico ajudam a combater outras doenças e não somente o novo Coronavírus. A imunização de 100% das pessoas contempladas na campanha de vacinação também nos ajudou muito”, disse.

Para manter o vírus afastado da cidade, Fonseca enfatiza a importância dos munícipes se vacinarem novamente e continuarem a cumprir todas as recomendações passadas pelas autoridades de Saúde.

A vacinação contra a gripe chega na sua última semana com pouca adesão da população. Nesta fase, que irá até a próxima sexta-feira (9), a imunização é direcionada para pessoas com comorbidades (diabetes, hipertensão, etc) e doenças crônicas, portadores de deficiências, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. 

A vacina da gripe na rede pública é trivalente, ou seja, protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B. O imunizante é seguro e reduz as complicações que podem levar aos casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Por isso, é preciso que o público-alvo compareça aos postos para receber as doses.

Pessoas dos grupos prioritários que ainda não se vacinaram devem procurar uma das quatro Salas de Vacinação do município, munidas de documentos pessoais e carteira de vacinação, e tomar a vacina, que é dose única. As Salas funcionam nas UBSs Akió Nakashima (Jardim São Sebastião), Ederaldo Marques (Jardim Paraíso), Nelson Sargi (Vale do Sol) e Antônio Abudd (Jardim Buscardi). O horário de atendimento é das 7h ás 15h, de segunda a sexta-feira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *