“Taquaritinga precisa se preparar para o turismo; ele gera emprego e renda”, diz Alfredo Gimenes em palestra

O Conselho Municipal de Turismo de Taquaritinga (COMTUR) realizou, na manhã de terça-feira (24 de Setembro), a abertura oficial da “I Semana do Turismo” da cidade com a palestra “Turismo – A Arte de Acolher Bem”, ministrada pelo diretor executivo da CONTur, Alfredo Gimenes.

Shadow
Slider

Alfredo discutiu o assunto com a plateia presente de forma dinâmica e de fácil entendimento. Em entrevista ao Jornal Tribuna, ele se demonstrou muito entusiasmado com a nova fase que a cidade deve viver em breve. “Devemos conscientizar a população de Taquaritinga (SP) que as autoridades políticas estão pleiteando o título de Município de Interesse Turístico (MIT) junto ao governo estadual e que isso modificará toda a trajetória da cidade. Os empresários e a população precisam estar preparados para isso”, relatou.

O palestrante ainda enfatizou que há muito o que explorar em Taquaritinga (SP) e que os moradores devem começar a notar o que a cidade tem a oferecer. “Dizer que essa cidade não tem turismo é muito contraditório; aqui temos um ecoturismo que é muito forte na região.  Taquaritinga tem a sua gastronomia, sua hospitalidade e o seu lazer, e isto passará a ser oferecido não somente para os moradores, mas se  expandirá para os visitantes. A partir do momento que você começa a enxergar o município com outro parâmetro, você reconhece os pontos fortes que podem ser explorados neste local”.

Alfredo também explicou como essa atividade pode contribuir com a geração de emprego e renda. “Os moradores precisam enxergar essa nova ferramenta lucrativa com “bons olhos”; quanto mais ela for potencializada na cidade, mais vagas de emprego serão geradas em empresas que dependem do turismo, como hotéis, bares e restaurantes. A juventude que, ás vezes, não vê uma possibilidade de trabalho aqui, passa a apostar no ramo para conseguir um emprego”.

O diretor executivo relata que, para que a cidade tenha sucesso nessa nova etapa, é preciso que todos se aperfeiçoem e adquiram a “cultura do turismo”.”Eventos, como este, são excelentes oportunidades para que essa questão seja bem trabalhada”, disse.

Para quem acha que começar a desenvolver a atividade turística exige investimento de alto custo, Alfredo esclarece que tudo é uma questão de gestão a partir dos recursos que o empresário já possui.

A principal proposta do Conselho, junto com a Secretaria de Cultura da cidade, é enriquecer o calendário turístico do município e despertar o interesse dos visitantes, que fomentarão a economia local. 

(Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *