Santa Casa de Taquaritinga (SP) discute adaptação de ala para a instalação de dez novos leitos de UTI e vagas para enfermaria

A diretoria da Santa Casa de Taquaritinga (SP) estuda a adaptação de uma ala de 500m² para a instalação de dez novos leitos de UTI e vagas para enfermaria, que acolherá os pacientes com Covid-19 que necessitem de internação. O assunto foi debatido na reunião realizada na última sexta-feira (5) com membros da Secretaria Municipal da Saúde.

Além das obras civis, a área dependerá de Instalações específicas para a finalidade, que envolve sistema de ar, exaustão, entre outros. O projeto está sendo orçado para que seja iniciada a busca de recursos junto ao Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde.

Durante o encontro, as autoridades também falaram sobre as atitudes aplicadas no enfrentamento à pandemia de Covid-19 no município. O hospital está trabalhando com a ocupação máxima de leitos disponíveis; fato que vem acontecendo em todas as casas de Saúde o país.

Além das dificuldades operacionais, os custos dos serviços tem aumentado de forma desproporcional – o que afeta ainda mais a situação financeira das entidades e dos órgãos da Saúde.

A reunião foi feita no salão nobre do hospital e contou com a presença de Waldemar Peria (presidente da Santa Casa), Mário Caetano (tesoureiro), Wilson Davóglio (administrador), Camila Belentani Cano (gerente administrativa), José Carlos Dionísio Milanez (contador), José Fonseca Neto (Secretário da Saúde), Eleonora Pagliuso (coordenadora) e Simone Pirillo (diretora).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *