Geraldo Alckmin confirma filiação ao PSB

O ex-governador Geraldo Alckmin anunciou nesta sexta-feira (18) através de suas redes sociais, que vai se filiar ao PSB, mas a ficha de filiação deve ser assinada no próximo dia 23.

“O tempo da mudança chegou! Depois de conversar muito e ouvir muito eu decidi caminhar com o Partido Socialista Brasileiro – PSB. O momento exige grandeza política, espírito público e união”, escreveu o ex-tucano.

“A política precisa enxergar as pessoas. Não vamos deixar ninguém para trás. Nosso trabalho para ajudar a construir um país mais justo e pronto para o enfrentamento dos desafios que estão postos está só começando”, completou.

Na arte de divulgação de sua filiação ao ’40’, Geraldo Alckmin citou Eduardo Campos, candidato ao Planalto pelo PSB em 2014, morto em um acidente de avião. “Não vamos desistir do Brasil”, diz a frase exposta na publicação.

A lista de tucanos do entorno de Alckmin que vai se filiar ao PSB tem o ex-deputado estadual e ex-presidente do PSDB Pedro Tobias, os ex-deputados federais Silvio Torres e Floriano Pesaro e o ex-prefeito de Sorocaba Antonio Carlos Pannunzio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.