Em Taquaritinga (SP): Saúde monitora pessoas que tiveram contato com empresário de Jurupema infectado com Covid-19 em SP

A Secretaria de Saúde de Taquaritinga (SP) informou que está fazendo o monitoramento de cinco pessoas que estiveram com um empresário em Jurupema no mês de Março antes dele ser testado positivo para Coronavírus em São Paulo.

Shadow
Slider

A mobilização se iniciou na terça-feira (31) após a confirmação do diagnóstico. Desde então, as autoridades passaram a fazer contato com a família para conseguir o maior número de informações sobre o caso.

Em um coletiva de imprensa feita na manhã de quarta-feira (1) na Prefeitura Municipal, o secretário José Fonseca Neto apresentou dados mapeados pela pasta. Conforme relatado, o casal veio para o distrito da cidade no dia 19 de Março (quinta-feira), com o objetivo de se afastar da capital paulista (epicentro da doença no país).

Dois dias depois, o empresário sentiu um mal-estar e procurou o Pronto Atendimento da Santa Casa, onde foi atendido pelo cardiologista Dr. Wilson Guimarães. Ele foi liberado após passar por exames e, neste mesmo dia, o casal chegou a receber amigos na chácara da família.

O empresário também se dirigiu para a Unidade Básica de Saúde de Jurupema para receber a vacina contra Influenza/H1N1. Fonseca afirma que ele foi imunizado dentro de seu veículo.

Com o agravamento dos sintomas, o taquaritinguense retornou para São Paulo no dia 26 de Março (quinta-feira), sete dias após sua chegada no município. Já na capital, ele deu entrada em um hospital no dia seguinte, onde permanece internado. A sua esposa está em isolamento domiciliar e seu estado de saúde é considerado bom.

A informação de que o empresário esteve em Jurupema já contaminado com a Covid-19 causou desconforto em muitos moradores e a notícia gerou tumulto nas redes sociais. 

Agora, Fonseca pede para que todas as pessoas que tiveram contato com o paciente, façam o isolamento domiciliar e avisem as autoridades de Saúde para que os protocolos sejam iniciados imediatamente. Cinco munícipes, já identificados, serão monitorados até o dia 8 de Abril; período em que o vírus deve se manifestar caso alguém esteja infectado. 

O último boletim epidemiológico divulgado na tarde de quinta-feira (2) mostra que a cidade tem cinco casos suspeitos em isolamento domiciliar, um caso com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Dois casos já foram descartados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *