Em Taquaritinga (SP): Idoso residente na Vila Vicentina completa 101 anos

Mesmo com todas as dificuldades que a pandemia de Covid-19 impôs no dia-a-dia das pessoas, principalmente aos idosos – grupo de maior risco para a doença – o asilo Vila Vicentina de Taquaritinga (SP) está em festa. O morador mais antigo, Sr. Augusto Damásio, completou mais um ano de vida na última sexta-feira (11).

A comemoração não é uma data qualquer; trata-se dos 101 do idoso. Para celebrar, a diretoria organizou um momento na tarde de sábado (12) para que os companheiros cantassem ‘parabéns’ e ele soprasse as velinhas (de forma simbólica).

Sr. Augusto nasceu em Araraquara/SP no dia 11 de Dezembro de 1919 e veio para Taquaritinga/SP ainda muito jovem. Já instalado na cidade, trabalhou como barbeiro e residiu em propriedades rurais antes de morar no Jardim São Sebastião. Durante sua vida, não casou e também não teve filhos.

Ciente das limitações que a velhice acarreta, o idoso optou por morar na Vila Vicentina para que pudesse ter mais conforto e, claro, companhia. Em entrevista ao Jornal Tribuna, ele se diz muito contente com o lar que tem. Lúcido e muito comunicativo, Sr. Augusto cultiva hobbys como compartilhar momentos marcantes de sua vida, escutar rádio e cantar músicas que fizeram sucesso em sua juventude.

Perguntado sobre os hábitos que lhe ajudaram a passar do centenário, o idoso afirma que se alimenta bem e evita ingerir bebida gelada. “Uma vez me disseram que faz mal, então eu não bebo nada gelado e nem alcoólico. Gosto de cuidar da minha saúde e de me sentir bem”, relata.

Sr. Augusto Damásio: 101 anos de vida com muitas histórias para contar e comemorar

O idoso é morador mais velho da Vila Vicentina, que abriga cerca de 15 idosos atualmente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *