Câmara realiza Sessão Ordinária virtual com apenas 7 vereadores

A Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Taquaritinga ocorreu de forma remota, na noite da última segunda-feira (08), apesar de os vereadores terem aprovado por unanimidade, na sessão anterior, de que as sessões voltariam a ser de forma presencial, na sede do Legislativo. Diante da decisão ocorrida no último dia 1º de agosto, quando o Plenário deliberou por votação unânime de que as sessões deveriam voltar a ser presenciais, criou-se um impasse. A maioria dos vereadores entendeu de que a decisão do Plenário, por ser soberana, deveria ser cumprida e compareceram ao prédio da Câmara no horário da sessão, encontrando as portas fechadas. Outro grupo de vereadores, num total de seis, além do presidente, ficaram em suas casas para participar da sessão em forma virtual. O presidente, Ten. Marcos Lourençano, alega que todos os vereadores foram comunicados com antecedência a respeito da alteração e realizou a Sessão Ordinária de forma remota. Em razão de não haver quorum suficiente, nenhum projeto pode ser votado. Ao final, o presidente anunciou de que cancelaria também a Sessão Solene, marcada para o próximo dia 20, onde haveria a entrega de Títulos de Honra ao Mérito e de Cidadania. Diante disso, os vereadores presentes à sessão, solicitaram uma reunião com o presidente para discutir o assunto e evitar o cancelamento da Sessão Solene.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.