Pinho recua e diz que será ‘apenas’ coordenador técnico do Clube Atlético Taquaritinga

Mudança de planos no Clube Atlético Taquaritinga. Depois de anunciar que o experiente Olimpio Batista, o Pinho, seria o treinador da equipe no Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2021, que ainda não tem data prevista para o início, houve uma mudança de planos. Por conta de problemas de saúde na família, o profissional será apenas coordenador técnico.
 
Segundo a própria nota do clube nas mídias sociais, na apresentação de Pinho, no último sábado (8), ele assumiria a vaga de treinador, porém por questões de saúde na família, vai trabalhar junto com a diretoria para a formação de uma equipe competitiva para a Segundona 2021.
 
Pinho e a diretoria do clube já estão fazendo contatos para a montagem da comissão técnica e também do elenco. Profissionais já estão sendo analisados, enquanto a Federação Paulista de Futebol ainda prepara o calendário para a competição.
 
Como treinador – O treinador já havia recebido várias propostas para comandar clubes na Série A3 do Campeonato Paulista e da Segundona para este ano, mas optou por aguardar mais um pouco. A proposta do Taquaritinga o chamou a atenção, por se tratar de um clube onde teve passagem como atleta e como treinador, em 2017, quando pegou o clube nas últimas posições e levou às quartas de final.
 
Quando havia acertado com o Taquaritinga, na quinta, Pinho falou como treinador. “Estive com essa nova diretoria com jovens dirigentes, mas com desejo de fazer as coisas certas com os pés no chão e me trouxe muita tranquilidade de poder aceitar a proposta e voltar ao clube no qual fui atleta e técnico. Praticamente já acertamos, só vamos nos reunir final de semana para tratar de pequenos detalhes”, disse.
 
Retorno – Em 2020, o treinador teve que descartar várias propostas por causa da Covid-19. Havia até acertado com o América de São José do Rio Preto, mas foi orientado pelo seu médico de evitar aglomeração e aguardar em casa. Em 2021, Pinho já recebeu as duas doses da vacina.
 
“Graças a Deus já estou vacinado e pronto para voltar, pois estava com muita saudade da bola e espero com toda minha experiência e conhecimento que possamos realizar uma grande campanha no CAT e mais uma vez brigar por um acesso”, disse o treinador.
 
(informações: O Curioso do Futebol)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *