Pela segunda vez, médico taquaritinguense é convidado para a diretoria da Academia Brasileira de Laringologia e Voz

     O médico dr. Alexandre Minoru Enoki foi convidado para fazer parte da Diretoria da Academia Brasileira de Laringologia e Voz. É a segunda vez consecutiva que o profissional estará entre a equipe gestora.

     O convite para dar continuidade ao seu trabalho partiu da atual presidência e foi prontamente aceito pelo taquaritinguense, que se diz honrado pelo reconhecimento e disposto a trabalhar com determinação em prol de seus colegas e da sociedade.

     A ABLV é uma instituição responsável pela organização de eventos e congressos por todo o Brasil, com o objetivo de reunir os profissionais para discussão dos avanços da medicina na especialidade. A maior mobilização ocorre em Abril, quando se celebra a Campanha da Voz.

     Alexandre é formado pela Universidade Federal de Uberaba há dezoito anos e após terminar sua Residência Médica, deu continuidade aos estudos na Universidade de Harvard. Ao retornar para o Brasil, concluiu o Doutorado na Universidade de São Paulo (USP). Sua linha de pesquisa é embasada em um método cirúrgico para correção de assimetrias na laringe que levam ao enfraquecimento da voz. Antes, a patologia possuía apenas tratamento para controle do incômodo. O resultado foi publicado no Journal of Voice, uma das revistas cientificas americanas de maior renome da área e exposto no 8° Congresso da Associação Latinoamericana de Laringologia e Fonocirurgia em Lima (Peru) em 2019. Atualmente, a técnica é utilizada por médicos de diversos países, como Estados Unidos e Holanda.

     O médico possui consultório na capital paulista, além de fazer parte do corpo clínico dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

Dr. Alexandre Enoki com a diretoria da ABLV para o biênio 22-23

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.