Jurupema completou 110 anos de existência no último dia 3 de agosto

 

O distrito de Jurupema teve o seu povoamento no início nas últimas décadas do século XIX, com a chegada de migrantes da região de Jaboticabal, Araraquara e Minas Gerais. Em seguida, foi a vez dos imigrantes europeus (italianos, portugueses, espanhóis, sírio-libaneses e japoneses) serem atraídos à região pela cultura do café no interior paulista. O distrito foi criado, inicialmente, com o nome de Jurema em 3 de agosto de 1912, pelo então governador Francisco de Paula Rodrigues Alves sancionou a Lei Estadual n.º 1.315. Só em 30 de novembro de 1944, o nome foi alterado para Jurupema, porque já havia município com esse nome no estado de Pernambuco. Jurupema já tentou se emancipar em duas ocasiões. Em 1963 realizou-se no distrito um plebiscito para avaliar a opinião dos moradores em emancipar ou não. De 339 eleitores que compareceram, 302 votaram “sim”. Entretanto, naquele ano o governo vetou alguns pedidos de emancipação, e um deles foi o de Jurupema. O distrito tentou novamente a emancipação político-administrativa e ser elevado à município, através de processo que deu entrada na Assembleia no ano de 1990, mas como não atendia os requisitos necessários exigidos por lei para tal finalidade, o processo foi arquivado. De acordo com o Censo 2010 (IBGE) a população total do distrito era de 2062 habitantes, a população urbana era de 1370 habitantes e a população urbana da sede era de 648 habitantes, já que a Vila Negri ainda era considerada no Censo 2010 como integrante do distrito de Jurupema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.