Em Taquaritinga (SP): Retorno das aulas presenciais em escolas estaduais segue fragilizado, diz DRE

As escolas da rede estadual de ensino de Taquaritinga (SP) foram reabertas na segunda quinzena de Abril, mas o retorno das aulas presenciais teve pouca adesão dos jovens estudantes.

Na Escola ‘9 de Julho’ – uma das maiores da cidade, menos de 10% dos alunos retornaram às salas de aula. Segundo a diretoria, a secretaria da instituição está em constante contato com os pais e responsáveis pelos alunos, mas a negativa da presença ainda é predominante nas respostas.

A Diretoria Regional de Ensino (DRE) ainda não informou o balanço do período em relação ao retorno em toda a rede, mas afirma que a retomada segue fragilizada.

No município, a rede tem cerca de 5 mil alunos matriculados e, na Fase Vermelha do Plano São Paulo, as escolas podem receber 35% dos alunos em sistema de rodízio. Estudantes em situação de risco alimentar, sem acesso à internet ou com dificuldades cognitivas têm prioridades.

A preferência pelo ensino remoto não prejudica os estudantes que optarem por ele. Os docentes seguem com o trabalho de aprendizagem até que todos possam assistir as aulas em seus lugares na classe.

Covid-19 em Taquaritinga:

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde mostra a confirmação de novos casos da Covid-19 na cidade nos últimos dias. No domingo (9), 228 pessoas faziam o tratamento contra o vírus e outras 27 aguardam o resultado do exame laboratorial. 

O município já confirmou 129 mortes desde o início da pandemia – 5 deles somente neste mês.

A Santa Casa atende 21 pacientes internados com complicações da doença; 10 estão em leitos de enfermaria e 11 em leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *