Em Taquaritinga (SP): Médico compartilha fotos de pacientes com alta após internação por Covid-19

O médico gastroenterologista Dr. Claus de Lima Vazquez está tendo uma atitude, um tanto esperançosa, que tem surpreendido os internautas que o seguem nas redes sociais. Desde Setembro,  o profissional compartilha fotos de pacientes que receberam alta após a internação por Covid-19 e deixam o hospital com a notícia de cura para se reencontrarem com a família.

O primeiro registro divulgado foi de um idoso, de 72 anos, que ficou internado em tratamento durante 49 dias. O vídeo viralizou e ganhou repercussão nas mídias e imprensa regional.

A atitude de postar fotos com os enfermos que venceram a doença foi se tornando mais frequente e o médico passou a divulgar as homenagens sempre que os pacientes permitiam; na maioria das vezes, o pedido vem deles. “É sempre uma alegria ver o paciente ter alta. Alguns pediam para tirar uma foto comigo e falavam que eu deveria colocar na internet; foi assim que começou”, disse em entrevista ao Jornal Tribuna.

As máscaras ainda escondem o sorriso, mas a alegria transparece em cada um dos olhares registrados pelo médico. Até a primeira quinzena de Março, Dr. Claus já havia divulgado oito de seus inúmeros pacientes vencedores e espera que este número aumente a cada dia.

Vivendo uma rotina corrida e ainda mais intensa por conta da pandemia do novo Coronavírus, o médico se desdobra entre a enfermaria de pacientes com Covid-19, além de atendimentos no consultório, plantões em Pronto-Atendimentos, Unidades Básicas de Saúde, plantões no Instituo Médico Legal e ministrar aulas na capital paulista. Diante da segunda onda de casos que o país enfrenta, Dr. Claus acredita que uma nova e melhor fase está próxima de acontecer. “Coragem, fé e esperança…. Dias melhores virão“, finaliza.

75% dos pacientes internados com Covid-19 receberam alta na Santa Casa:

Um levantamento feito pela Santa Casa de Taquaritinga (SP) mostra que 75,56% dos pacientes que foram hospitalizados com Covid-19 receberam alta médica. Os dados contemplam o período de Março de 2020 até o dia 23 de Março deste ano.

Durante o primeiro ano da pandemia, 360 pessoas foram internadas com complicações causadas pela infecção do vírus (enfermaria e UTI); 272  conseguiram se recuperar e outras 88 faleceram em decorrência da doença ou complicações.

Das mortes registradas, 11 pacientes eram residentes em outros municípios (Araraquara, Américo Brasiliense, Catanduva, Cândido Rodrigues e Santa Ernestina). 

No sábado (26), a enfermaria atende 24 pacientes com Covid-19. Outros 8 estão sob os cuidados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *