Com baixo estoque de leite materno, Santa Casa de Taquaritinga (SP) busca por doadoras

Os estoques do Posto de Coleta de Leite Humano da Maternidade Dona Zilda Salvagni, que integra as instalações da Santa Casa de Taquaritinga/SP, estão abaixo do volume considerado ideal. No momento, a unidade médica disponibiliza apenas 5 litros de leite e está fazendo o uso de, aproximadamente, 500ml por dia para atender os bebês recém-nascidos internados na UTI Neonatal. A preocupante situação fez a diretoria do Hospital divulgar um apelo para que as mulheres que estejam amamentado possam contribuir com doações.

Para doar, baste que a lactente esteja saudável e que não faça nenhum uso de medicamento incompatível com a amamentação.

Toda mãe que esteja amamentado pode ser doadora de leite materno, independente da idade do filho em amamentação. Além da coleta voluntária de lactentes que realizam partos na Maternidade, o leite também é retirado nas residências das mulheres que se sensibilizam com a causa. Para isso, basta que ela retire o leite em sua casa e entre em contato com a Santa Casa pelo telefone (16) 3253-9230.

Além de estimular e aumentar a produção, a doação pode evitar alguns problemas causados pelo excesso de leite produzido pelo organismo, como o ingurgitamento mamário (popularmente conhecido como ‘leite empedrado’), fissura no peito devido à distensão e ao inchaço na região do mamilo e a temida mastite, uma inflamação nas glândulas que resultam em vermelhidão e endurecimento das mamas.

As mulheres que não possuem os materiais necessários para a retirada do leite com segurança, como os frascos esterilizados, também podem solicitar o kit na secretaria da unidade médica.

A doação deve ser feita em pote de vidro com tampa plástica e, em seguida, conservada no congelador. Chegando à unidade, o leite passa por uma série de processos de controle de qualidade (inclusive pasteurização) antes do consumo ser liberado aos bebês.

Para doar ou tirar dúvidas sobre o assunto, basta entrar em contato com o número (16) 3253-9230.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *