Em Taquaritinga (SP), Câmara aprova projeto que disciplina jogos universitários na cidade

A Câmara Municipal de Taquaritinga (SP) aprovou, na sessão da segunda-feira (11), o projeto de Lei de autoria do vereador Dr. Eduardo Moutinho (PSB) que disciplina a cessão de espaços públicos para a realização de jogos universitários no município, bem como a destinação dos recursos que entrarem nos cofres públicos com a realização deste tipo de evento.


Alvo de inúmeras polêmicas, os jogos universitários poderão ser realizados em Taquaritinga (SP) desde que previamente autorizados por um comitê composto por 11 membros, dentre autoridades civis e militares e representantes da sociedade civil organizada. Entidades como Associação Comercial, Ordem dos Advogados e Conseg, terão representação no comitê que contará ainda com membros natos, como é o caso do Chefe do executivo, do Comandante da Polícia Militar e do Delegado Titular do município. 


 O projeto prevê ainda que todos os valores advindos da realização dos jogos sejam depositados em conta específica da prefeitura que destinará 80% para a Secretaria de Esportes fazer a manutenção das praças esportivas, 10% para a Secretaria de Saúde adquirir medicamentos de alto custo, e 10 % para o Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente utilizar em campanhas direcionadas a prevenção e combate ao uso de drogas.


Segundo o autor do projeto “o objetivo da Lei é que as autoridades e a própria comunidade, através das entidades, analisem a viabilidade dos jogos e autorizem ou não sua realização”. Moutinho afirma ainda que “o envolvimento de autoridades ligadas a Segurança Pública no planejamento prévio do evento dará maior tranquilidade tanto ao executivo, que pode ser responsabilizado por eventuais incidentes ocorridos durante os jogos, quanto a população residente nas proximidades das praças esportivas”.


A presença de um representante da ACIT dentre os membros do comitê foi comemorada pelo presidente da entidade, Waldemar Peria. “Somos favoráveis aos jogos, pois segmentos como bares e restaurantes, postos de combustíveis e farmácias, são muito beneficiados com a vinda dos universitários. Temos números de pesquisa realizada pela Fatec junto aos comerciantes locais demonstrando que os ´jogos acadêmicos´ injetam mais recursos na economia da cidade do que o carnaval e a festa do peão”.


Para entrar em vigor, o projeto segue para sanção do Poder Executivo.

Slider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *