Karatê e Rugby conquistam vagas para os Jogos Pan-americanos 2019

pós quatro dias de competições nos Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018, o Time Brasil vai cumprindo a principal meta do COB na competição, que é classificar o maior número possível de atletas e equipes para os Jogos Pan-americanos Lima 2019. Até a noite da terça-feira o Brasil já havia conquistado sete vagas no karatê e também a vaga para a equipe feminina de rugby sevens.
Os atletas do karatê precisavam ficar entre os cinco primeiros colocados em Cochabamba para garantir a vaga em Lima. As vagas foram conquistadas com a medalha de ouro de Valéria Kumizaki, porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos; as pratas de Hernani Veríssimo e Vinicius Figueira; os bronzes de Nicole Yonamine, Érica Santos, Gabriele Sepe; e a quinta colocação de Williames Santos.
Já a seleção brasileira feminina de rugby precisava conquistar a medalha de ouro do torneio na Bolívia. As meninas venceram todas as seis partidas da competição e garantiram o título, mantendo-se invictas no continente em todas as 14 edições de competições sul-americanas. Atleta mais experiente da seleção, Baby Futuro conquistou agora o seu décimo segundo título de campeonatos sul-americanos.
– É sempre muito bom ser campeã, ainda mais garantindo a vaga para os Jogos Pan-americanos, que era nosso principal objetivo aqui na Bolívia. Com esse título, conseguimos manter a hegemonia na América do Sul. Estou muito feliz de fazer parte dessa equipe – disse Baby.
Nesta quarta-feira, o Brasil luta por vagas no boliche, triatlo por equipes e ciclismo pista. No total, 12 esportes em Cochabamba estão oferecendo vagas para Lima 2019: atletismo, boliche, ciclismo, handebol, hóquei sobre grama, karatê, natação, pentatlo moderno, rugby, tiro esportivo, triatlo e wrestling. O
Time Brasil já conquistou 74 medalhas, sendo 29 de ouro, 22 de prata e 23 de bronze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *