Em Taquaritinga, vereador ameaça cassar mandato do prefeito caso não cumpra os repasses das emendas impositivas

Durante o tema livre da sessão da Câmara de Taquaritinga, realizada na noite de segunda-feira (13), o vereador Denis Machado (MDB) ameaçou cassar o mandato do prefeito Vanderlei Mársico, caso o chefe do Executivo não cumpra os repasses das emendas impositivas sugeridas pelo vereador.

 

Em seu discurso, o Edil cobrou, com veemência, o pagamento das verbas destinadas para as instituições de saúde e outras entidades do município. “Se ele (prefeito) não cumprir o pagamento das minhas emendas impositivas no prazo correto, vou pedir a cassação do mandato dele”, disse.

 

Nas emendas impositivas, Denis destinou R$ 45 mil para a Apae (Associação de Pais e Amigos Excepcionais), para reforma de parte do telhado da instituição; e R$ 46.933, 33 para Santa Casa de Taquaritinga e a Maternidade “D. Zilda Salvagni”, com objetivo de ajudar na manutenção de serviços públicos de saúde e ampliação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto.

 

A Associação de Amigos da Cultura e Lazer “Jardineira da Tarde”, Associação Jesus Fonte de Água Viva de Taquaritinga (Casa de Recuperação Jesus em Damasco) e Associação Atlético Guarani receberam R$ 2 mil cada uma.

 

O vereador também destinou R$ 5.933,33 para a Secretaria de Obras do município, dinheiro para reforma e manutenção da Praça Beth Araújo, no Jardim Laranjeiras.

 

Denis, assim como os demais colegas do Legislativo de Taquaritinga, separou R$ 10 mil da emenda impositiva para a Prefeitura adquirir uma ambulância. O valor total, somado com as emendas de cada vereador, é de R$ 150 mil.

 

Na imagem: vereador Denis Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *