Eduardo Moutinho sugere solução para mau cheiro oriundo da ETE de Taquaritinga

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) foi inaugurada em Taquaritinga em junho de 2015. Desde então, os moradores do Jardim do Bosque e bairros adjacentes sofrem com o mau cheiro oriundo do local.

 

Segundo o prefeito Vanderlei Mársico, a Prefeitura, através do Saaet (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Taquaritinga), só vai resolver o problema após uma autorização judicial, isso para não perder a garantia do serviço prestado pela empresa construtora da Estação de Tratamento. Em suma, a Prefeitura deve sanar o problema do mau cheiro, mas quer cobrar da empresa os gastos com a obra.

 

No entanto, uma autorização judicial pode demorar algum tempo para sair. Sabendo disso, na sessão da Câmara Municipal de segunda-feira (6), o vereador Eduardo Moutinho (PSB) sugeriu que o esgoto do município volte a ser lançado no Córrego Ribeirãozinho, como se fazia antes da construção da Estação de Tratamento.

 

Ele acredita que isso evitaria o mau cheiro nos bairros próximos da ETE enquanto se espera pela autorização judicial. “Quando o problema estiver resolvido completamente, voltam com as atividades na Estação de Tratamento e com isso deixa de jogar o esgoto no Ribeirãozinho”, explicou Moutinho.

 

Após a discussão do tema, foi acordado por todos os vereadores que a Câmara envie um ofício ao Ministério Público de Taquaritinga (MP), solicitando informações sobre o andamento do processo em que a Prefeitura pede providências judiciais a respeito da ETE.

 

Na imagem: vereador Eduardo Moutinho/Foto: Valdir Montanaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *