Taquaritinga (SP) tem, em média, uma carteira de motorista suspensa por dia

Até o mês de Novembro de 2018, quase 200 motoristas de Taquaritinga (SP) tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa, segundo o diretor do Departamento de Trânsito (Detran) da cidade. O número equivale a média de uma CNH suspensa por dia. Dados disponibilizados demonstram que no mês de Junho do ano corrente, 29 carteiras foram apreendidas; em Julho, o número subiu para 32. Já no mês de Agosto, foram 31 CNHs recolhidas e em Setembro, 29. Até o momento, o mês de Outubro computou o índice mais alto no segundo semestre do ano: foram 38 documentos confiscados. Por último, em Novembro, 35 CNHs foram suspensas.

 

Muitas vezes, a aplicação da penalidade ocorre quando o motorista obtém 20 pontos em seu registro em um período de 12 meses. Em outros casos, a suspensão é adotada quando o portador do documento comete algum tipo de infração com previsão de suspensão direta pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como o flagrante de embriaguez ao volante.

 

Para regularizar a situação, o condutor deve entregar a sua CNH na unidade do Detran da cidade, para dar início ao cumprimento do período de suspensão, além de participar de um curso de reciclagem, pelo período de 30 horas/aula.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *