Taquaritinga pode sediar edição de Jogos Universitários nos próximos meses

Pretendendo realizar mais uma edição de Jogos Universitários na cidade, o Secretário de Esportes e Vereador licenciado, Mirão Basso, convocou para a manhã desta quinta-feira (22), na sede da Câmara Municipal, uma reunião a fim de instituir o COPAJUF (Comitê Permanente de Autorização dos Jogos Universitários e Fiscalização dos Recursos Financeiros deles Advindos) e obter sua autorização para realização dos Jogos.
A instituição de um Cômite para analisar e autorizar previamente a realização dos Jogos foi instituída pela Lei Municipal 4.589 de 1º. de abril de 2019, de autoria do Vereador Dr. Eduardo Moutinho (PSB). O Copajuf é composto por 11 (onze) membros, sendo 6 (seis) natos e 5 (cinco) indicados, dentre eles autoridades e represetantes da sociedade civil organizada e tem poder para analisar e autorizar a realização dos jogos no municipio e principalmernte fiscalizar a entrada nos cofres públicos dos recursos financeiros deles advindos. São membros do Comite: Chefe do Executivo Municipal, Secretário Municipal de Esportes, Secretário Municipal de Fazenda, Comandante da Polícia Militar de Taquaritinga, Delegado Titular do Município de Taquaritinga, Reponsável pelo Departamento de Fiscalização do Municipio, representante da Câmara Municipal de Vereadores, Representante da ACIT, representante da OAB, representante do Panathlon Internartional de Taquaritinga e representante do Conseg.
A partir da reunião de amanhã é que se terá conhecimento da entidade que pretende promover esta edição dos Jogos Universitários, as datas solicitadas, a quantidade estimada de alunos/atletas participantes e, principalmente, quanto os promotores do evento pagarão para utilizar as praças esportivas do municipio. A lei estabelece que todo o dinheiro seja creditado em conta com rubrica especifica em favor da fazenda do município e findos os jogos sejam destinados 80% para investimento de manutenção ou construção de novos equipamentos esportivos, a critério da Secretaria Municipal de Esportes, 10% para a Secretaria Municipal de Saúde para aquisição de medicamentos de alto custo e 10% para o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) para adoção e apoio a programas que visem a prevenção ao uso de drogas.

Deixe uma resposta