Juiz consegue vaga de internação emergencial para adolescente que cometeu mais de cinco roubos à mão armada em menos de 48h em Taquaritinga (SP)

O Juiz da Vara da Infância e Juventude de Jaboticabal (SP), decidiu prender, imediatamente, um adolescente de 17 anos, que cometeu mais de cinco roubos à mão armada em Taquaritinga (SP) entre os dias 3 e 4 de Janeiro. A decisão é incomum na cidade, onde geralmente, as pessoas com menos de 18 anos que se envolvem em delitos, são liberadas no término do boletim de ocorrência, para aguardarem que as medidas cabíveis serem tomadas ou então, o surgimento de alguma vaga no Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) de Ribeirão Preto (SP).

 

Segundo as informações obtidas, o menino foi recolhido por oferecer risco à sociedade, tendo em vista a maneira em que o jovem abordou as vítimas e os utensílios utilizados por ele, como um garrafão de vidro quebrado, facas, facões e pedras.

 

Apesar da negação, o jovem foi acusado de participar de um roubo na Vila Di Santi, em que uma idosa foi feita refém. Na tarde de sexta-feira (4), após ser questionado, o menino confessou a sua participação no crime. Em outro caso, o adolescente, que é morador do referido bairro, abordou uma taxista na tarde do dia 4, ameaçando-a com uma faca em seu pescoço e conseguindo levar cerca de R$ 270. Um roubo ocorrido em uma farmácia na Rua Prudente de Moraes na noite de quinta-feira (3), onde foi levado mais de R$ 800, também foi cometido por ele.

 

Ao ser indagado, o jovem disse que efetuou a série de delitos por precisar de dinheiro para quitar uma dívida com um traficante do município.

 

Após ser ouvido pelo delegado titular de Taquaritinga (SP), o adolescente foi encaminhado para o Plantão Judiciário de Jaboticabal (SP) na mesma tarde em que foi capturado pelos agentes da Polícia Militar depois que a equipe recebeu uma denúncia, conseguindo localizar o menino no almoxarifado da Prefeitura Municipal, enquanto tentava fugir da abordagem policial após cometer mais um roubo.

 

Algumas das armas utilizadas pelo adolescente durante seus crimes (Foto: Alessandra Cason)

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *