Homem tenta praticar furto dentro do alojamento do CAT mas é detido pelos jogadores

Na madrugada desta quinta-feira (21), um homem de 38 anos, morador do bairro Manoel Lopes Moreno, foi detido pelos jogadores do Clube Atlético Taquaritinga (CAT) enquanto tentava furtar um aparelho celular de um dos atletas.

A vítima, de 20 anos, relatou aos agentes policiais que estava deitado em sua cama, por volta das 4h, no alojamento do clube, localizado no ginásio de esportes, quando percebeu um movimento em seu travesseiro. Ao acordar, se deparou com um homem, de 38 anos, tentando furtar o seu telefone celular.

O jovem segurou o indivíduo e chamou por outro jogador que estava no mesmo quarto que ele. Ao questionarem o suspeito, ele disse que estava procurando um isqueiro no local, para poder acender um cigarro. A equipe da Polícia Militar foi comunicada e, ao chegar no alojamento, também questionou o suspeito sobre o fato. Novamente, ele relatou que estava a procura de um acessório para acender o seu cigarro e que outra pessoa, que estava do lado de fora do ginásio, teria dito para ele entrar no alojamento para conseguir o objeto. O homem ainda negou ter mexido em algum pertence pessoal dos jogadores.

Ao ser realizada a busca pessoal, um alicate e duas chaves de veículos foram encontrados no bolso de sua bermuda. O suspeito disse que todos os referidos objetos pertenciam ao seu irmão.

Ele foi apresentado na Delegacia de Polícia, sendo autuado em flagrante pelo crime de Furto Tentado. No término da ocorrência, feita pelo delegado Renato Cândido Soares, o acusado permaneceu à disposição da Justiça.

Como o indiciado não apresentou nenhum documento com foto, os policiais foram até a residência indicada por ele para conseguir tal certidão. Ao fazerem contato com uma moradora da casa, a mesma disse que não reside mais com o acusado e que, horas atrás, ele esteve no imóvel e danificou a porta principal da residência, além de ofendê-la. A vítima foi orientada a procurar pelas autoridades na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para registrar o fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *