Coletores de resíduos de Jaboticabal têm se machucado com agulhas, seringas e cacos de vidro

Coletores de resíduos têm se machucado frequentemente com agulhas, seringas e cacos de vidro em Jaboticabal. A imprudência no momento de descartar esses materiais têm causado ‘baixas’ nas equipes coletoras e preocupado o setor de saúde pública.

 

“Pedimos à população que separe o lixo para que os coletores não tenham nenhuma infeliz surpresa e acabem sendo afastados de suas funções. Mesmo com os EPI, esses materiais pontiagudos acabam perfurando a mão desses profissionais, causando grandes transtornos”, explica o presidente do Saaej, José Carlos Abreu.

 

Para o descarte de objetos como agulhas e seringas, a dica é colocá-los dentro de uma garrafa pet, fechar e levar ao Ciaf mais próximo. Já para cacos de vidro, a sugestão é que o resíduo seja armazenado em uma caixa de sapato ou de leite e fechar, antes de ser colocado para a coleta.

 

“Agindo de forma impensada podemos causar grandes problemas de saúde a esses profissionais e isso acarretar problemas futuros. Por isso, descartar o lixo hospitalar da forma correta evita quaisquer imprevistos com doenças, por exemplo, e a própria dor e tratamento que o profissional vai ter que passar”, alerta a secretária de Saúde, Maria Angélica Dias.

 

Para saber mais sobre o descarte de resíduos, o telefone é (16) 3204-2880.

 

Foto ilustrativa. Informações da assessoria de imprensa da Prefeitura

Deixe uma resposta